'A chance to play' coloca o direito de brincar na rua!

Em parceria com a Prefeitura da Cidade de São Paulo o Programa ‘A chance to play – O direito de brincar’ colocou o direito de brincar no meio da rua: no centro da Metrópole de São Paulo. Aconteceu no dia 10 de outubro de 2013 em pleno Vale do Anhangabaú em frente à sede da Prefeitura Municipal o diálogo da Prefeitura com crianças e adolescentes.

No contexto do dia da criança celebrado no dia 12 de outubro, a iniciativa buscou colocar um contraponto à cultura consumista dominante. O dia da criança é o dia das crianças lutarem por políticas públicas com participação popular! E lutamos juntos brincando em diversas estações de brincar organizadas pelo Programa ‘A chance to play – O direito de brincar’.

Participaram do evento o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Paulo, Fábio Silvestre, o Secretário de Direitos Humanos e Cidadania, Rogério Sotilli, a primeira dama, Ana Estela Haddad que coordena o Plano Municipal da Primeira Infância e mais de 300 crianças e adolescentes. O encontro serviu para colocar o brincar na rua e mostrar o potencial criativo do brincar à Prefeitura. 

Depois da parceria firmada para a organização da Conferência 'Esporte e Desenvolvimento Social' que se realizará no contexto do Projeto Futebol de Rua nos dias 4 e 5 de dezembro no Centro Cultural São Paulo, o evento organizado no Vale do Anhangabaú representa a segunda parceria do Programa ‘A chance to play – O direito de brincar’ com o governo municipal e, com isso, deixa claro que não apenas realiza projetos inovadores e interessantes, mas está com a força toda para fazer incidência política buscando garantir a efetividade do direito de brincar.

Galeria de imagens do evento no Vale do Anhangabaú - Centro de São Paulo

Diálogo com a Comissão Interamericana de Direitos Humanos

O Programa ‘A chance to play – O direito de brincar’ apoiou a organização de um diálogo com a Relatora da Comissão Interamericana de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA), Rosa Maria Ortiz. O encontro foi organizado pelos Centros de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente de São Paulo, realizou-se na quinta-feira, dia 3 de outubro de 2013 no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo e contou com a participação de mais de quarenta organizações de defesa e cem crianças, adolescentes e jovens.

O interessa maior de Rosa Maria Ortiz estava na situação de crianças e adolescentes vivendo em zonas de conflito armado. O Estado brasileiro nega que o Brasil tenha no seu território zonas de conflito armado. Os relatos e testemunhos de crianças, adolescentes e defensores dos direitos humanos, no entanto demonstraram exatamente o contrário. O crime organizado, o tráfico de drogas e as forças da segurança pública são atores de conflitos armados que não se verificam apenas nos grandes centros urbanos, mas em todo território nacional, e tem nas crianças, adolescentes e jovens da periferia suas vítimas privilegiadas. Importa também ressaltar que as vítimas desse conflito armado são sobretudo jovens negros da periferia.

O apoio dado pelo Programa ‘A chance to play – O direito de brincar’ à organização do evento mostra que terre des hommes e o comitê dos trabalhadores da Volkswagen buscam muito mais que simplesmente o direito de brincar. A efetivação dos direitos da criança e do adolescente passa necessariamente pela articulação da sociedade civil. As organizações parceiras do Programa participam diretamente da consolidação dessa rede de defesa dos direitos humanos de crianças e adolescentes e buscam fortalecer sua incidência nas políticas públicas de garantia de direitos. 

Galeria de imagens do Encontro com Rosa Maria Ortiz